segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Editorial Bizâncio - «Dizei Uma Palavra e Serei Salvo»




Autor:  Williams, Niall
Páginas: 304
Ano: 2006
Preço de Capa: 10.60 €
Preço Online: 9.54 €



Sinopse:
"Com uma vida marcada pela dor e pela perda, Jim passou a confiar apenas na palavra; imagina que só pela palavra escrita é capaz de expressar tudo o que ao longo da sua vida deixou por dizer reencontrando e recuperando assim o amor perdido. 

Dizei Uma Palavra e Serei Salvo é uma história de aceitação do passado e de esperança no futuro. Profundamente sentida, espantosamente bem contada e escrita na prosa lírica e bem ritmada de Niall Williams. É simultaneamente um romance sobre as palavras, os livros, sobre a tentativa de compreender a dor. É um testemunho poderoso e íntimo da persistência do amor. 

«Um livro maravilhoso, animador, repleto de esperança. Ofereçam-no a toda a gente!» 
Sunday Tribune 

«Intenso, lírico… Pura emoção numa escrita admirável» 
The Times"

domingo, 30 de dezembro de 2012

Novidades Esfera do Caos - «Se a lua soubesse»




Autor: CARLOS COELHO
Colecção: Esfera Contemporânea / 42
Páginas: 80
Data de Publicação: Novembro de 2012
PVP: 10,90 euros 



Sinopse:
"Poemas fascinantes, escritos num estilo sóbrio e simples, extraído da paisagem granítica das montanhas. Poemas que reflectem explosões de sensações no estado puro: o amor, o ódio, a paixão, a dor, a solidão, a saudade, a morte...
É difícil não nos vermos retratados, com perplexidade, em alguns destes poemas, porque neles encontramos os sentimentos que não revelamos — que guardamos dentro de nós e que não partilhamos.

Este livro resulta de uma alquimia de poemas plenos de emoções, fantasias e paixões. São, afinal, as reflexões de uma mente arrebatada, e são também os relatos de vivências intensas, e são finalmente as sensações de quem desvenda o que de mais profundo encontrou em si próprio." 

Sobre o Autor:
"Carlos Coelho. Nasceu no Lobito, Angola. Com a revolução, em 1975, vem para Portugal, para a aldeia do seu pai, Candemil, nas faldas da serra do Marão. Foi pastor de cabras. Nesses montes agrestes começaram a surgir os pensamentos que lhe afloram a alma. “Sozinhos, nas montanhas, temos tempo para pensar. Não sei se o que escrevo são poemas. Dizem que sim. Para mim, são as coisas que estão cá dentro e que eu passo para o papel.” Vive actualmente na Suíça, mas continua a ser fortemente influenciado (marcado para sempre) pela serra do Marão. “Tenho um sonho: voltar a ser pastor.”

sábado, 29 de dezembro de 2012

Editorial Bizâncio - «Inveja»




Autor:  Harrison, Kathryn
Páginas: 320
Ano: 2006
Preço de Capa: 16.15 €
Preço Online: 14.54 €



Sinopse:
"Will tem uma boa vida sexual – com a mulher com quem casou. Então porque é cada vez mais perseguido por fantasias eróticas violentas que, caso transbordassem da sua imaginação para o mundo real, teriam o poder de fazer soçobrar não só a sua família mas a sua carreira? Está prestes a perder o domínio quando participa num encontro de ex-alunos do curso universitário que frequentou, e aí descobre indícios de uma antiga traição sexual, suficientemente grave para ameaçar destruir o presente, ao mesmo tempo que constitui uma chave para as suas perigosas obsessões. 

Escrita de uma forma hipnótica e sedutora, esta obra fascinante de «uma escritora extremamente dotada» (San Francisco Chronicle) explora o efeito corrosivo do mal e mostra como verdades psicológicas dolorosas desde há muito enterradas no seio de uma família podem aniquilar o presente embora, através da coragem e da compreensão, sejam susceptíveis de levar à cura e à renovação. «Como Xerazade tomada por um sonho febril, Kathryn Harrison… escreveu um desses livros raros, numa linguagem de uma beleza sem paralelo, que afirma a santidade da vida», disse Shirley Ann Grau sobre a obra Posion da mesma autora. Podemos fazer nossas as suas palavras a respeito de Inveja. 

«Em Inveja Kathryn Harrison escalpeliza implacavelmente e põe a nu a psique humana. Este romance vai certamente provocar um sobressalto no leitor, perturbá-lo e, finalmente, seduzi-lo.» 
Rupert Thomson, autor de Divided Kingdom"

Chiado Editora - «facebock cem erros»


facebock cem erros







Autor: Umbertto
Colecção: Viagens na Ficção
Páginas: 263
Data de publicação: Abril de 2011

Género: Actualidade
Preço: 15,00 €
ISBN: 978-989-6971-47-2

Sinopse:
"Senhor... 
Depois de tanto investigar os «cumentários» no Facebook, penso ter descoberto o fascínio pela letra "k". Sem querer parecer presunçoso, é com enorme alegria que o informo que tudo está relacionado com o mundo "Kamoniano". É isso mesmo! O mundo de Kamões!
Se Kamões é o poeta do monóculo? Não! Claro que não! Esse foi Pessoa! 
Kamões foi o poeta da pala e dos folhos no pescoço. Senhor, ele foi o autor do épico dos dez kantos. 
Sim, esse mesmo! O que obrigou os alunos do 10.º ano a pronunciare palavras tão valorosas como «Taprobana». 
Eu percebo a sua confusão. Porque é que os poetas têm sempre algo a perturbar-lhe o sentido da visão? Não sei... mas acho que é porque esse sentido não é o mais importante para o desenvolvimento do seu trabalho. Eles vêem o mundo através do coração e não dos olhos!
E porque é que alguns cantores usam óculos escuros? Bem, alguns penso que os usam para realçar o capachinho e outros utilizam-nos para terem uma justificação para cair quando vão à televisão. 
Não me faça mais perguntas porque ainda acaba por me baralhar.
«Bjinhux» (ps: bjinhux é uma forma de beijo. Não sei é se mete língua)."

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Novidades Chiado Editora - «O Segredo de Martinica»


O Segredo de Martinica






Autor: Fernando L. Silva 
Colecção: Viagens na Ficção
Páginas: 352
Data de publicação: Novembro de 2012
Género: Ficção
Preço: 14,00 €

Sinopse:
"Portugal, 1970. João Frias regressou à sua aldeia depois de longos anos em Lisboa. Ainda jovem, é forçado a abandonar o país. O motivo prende-se com o desaparecimento de um homem, cuja motorizada foi encontrada na sua propriedade. Com o passado ligado ao contrabando, ser indiciado e investigado era algo que não lhe interessava.
Esclarecer o caso pelos seus meios, ou esperar que alguém o esclareça, são as alternativas possíveis para este cidadão de Algures de Baixo. Até lá, o abrigo longínquo em casa de velhos amigos parece-lhe a melhor solução….
"

Editorial Bizâncio - «A Reciclagem de Jimmy»




Autor: Tilley, Andy

Páginas: 256
Ano: 2010
Preço de Capa: 12.61 €
Preço Online: 11.35 €



Sinopse:
"«Enérgico, imaginativo, este romance está repleto de humor negro e de extraordinárias surpresas.» 
Time Out 

Depois de uma frustrada (e hilariante) tentativa de suicídio, depois da estada no hospital para recuperação, a vida de Jimmy toma um rumo inesperado. Com o seu novo amigo, o divertido Kevin, decide montar um negócio para apoio aos que desejam suicidar-se mas que, como ele, não conseguem ter êxito à primeira. Depois de várias peripécias infrutíferas, Jimmy decide colocar o seu conhecimento sobre o sofrimento humano ao serviço das almas desesperadas, ajudando, em lugar de explorar, os que querem acabar com as suas vidas. Uma perspectiva delirante dos aspectos mais sombrios da alma humana, com um notável humor, constituindo um imenso tributo à vida."

Novidades Esfera do Caos - «Palavras Nossas»




Autores: VÁRIOS
Colecção: Esfera Contemporânea / 43
Páginas: 216
Data de Publicação: Novembro de 2012
PVP: 15,90 euros 



Sinopse:
"Uma colectânea inovadora e renovadora.
Novos temas, novas abordagens, estilos diferenciados.

20 novos poetas portugueses dão-nos a conhecer o melhor da sua poesia, até agora desconhecida: Acácio Costa, Anya Pinheiro, Arnaldo Teixeira Santos, Carlos Palhau, Isaura Moreira, Jorge Aragão Treno, Jorge Nuno, Manuel Rosa, Manuela Gomes da Silva, Maria das Dores Gomes da Silva, Maria de Lurdes Cunha, Maria Judite Coelho Cândido, Maria Luísa Silva, Maria Pombo, Maria Silvéria Mártires, Maria Teresa Almeida, Marta Limbado, Micaela Adriana Morais, Rúben De Brito, Vítor Fernandes

A colectânea Palavras Nossas, com o primeiro volume dado à estampa em 2011 e que agora se apresenta em segundo volume, resulta de um projecto literário que procura dar primazia à novidade e à diversidade: autores que pela primeira vez nos mostram a sua poesia inédita — porque vale a pena dar voz a quem nunca teve a oportunidade de se revelar — e um amplo conjunto de temas e estilos diversificados — porque o mundo em que vivemos é feito de muitas e insuspeitas complexidades." 

Sobre o Coordenador:
"Miguel Almeida. Nasceu em Rãs, pequena aldeia do concelho de Sátão, distrito de Viseu, em 1970. É autor de Um Planeta Ameaçado: A Ciência Perante o Colapso da Biosfera (2006), A Cirurgia do Prazer: Contos Morais e Sexuais (2010), O Templo da Glória Literária: Versão Poética (2010), Ser Como Tu (2011), Chireto: Uma Semana de Histórias para Contar ao Deitar (2011) e O Lugar das Coisas (2012). Publicou também, desta vez em co-autoria, Já não se fazem Homens como antigamente (2010). Licenciado em Filosofia (Variante de Filosofia da Ciência) pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde também fez o Mestrado em Filosofia da Natureza e do Ambiente, exerce actualmente funções docentes na Escola Secundária Cacilhas-Tejo, em Almada. Vive na Costa da Caparica, com a mulher, Carla, e o filho, Gabriel, na proximidade poética da família e do mar.”

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Topseller: "Alex Cross", de James Patterson, nos cinemas a 3 de janeiro



Alex Cross, protagonista da série policial mais vendida em todo o mundo, está de regresso ao grande ecrã, desta vez em “Eu, Alex Cross”. Depois da publicação do livro no passado mês de novembro, dia 3 de janeiro chega então às salas de cinema nacionais o terceiro filme inspirado na coleção bestseller mundial Alex Cross, do autor mais bem sucedido em todo o mundo, James Patterson. Tyler Perry, como Dr. Alex Cross, e Matthew Fox, o vilão, são os protagonistas do filme.

Lançado em novembro, mês que marcou o nascimento da editora Topseller, o livro Alex Cross rapidamente despertou a memória de quem vibrou com os filmes «Na Teia da Aranha» e «Beijos que Matam», então com Morgan Freeman no papel de Dr. Alex Cross. Dois filmes que fizeram sucesso, não só entre os amantes do género policial, quer literário quer cinematográfico, mas do 
público em geral. 

No dia 3 de janeiro a personagem criada por James Patterson regressa ao cinema pelas mãos do realizador Rob Cohen, que escolheu Tyler Perry para o papel principal.
O ator escolhido para o papel de vilão é bem conhecido dos portugueses: Mathew Fox (série Perdidos).

Conheça melhor James Patterson e os espantosos números que fazem deste escritor o mais bem sucedido do momento em todo o mundo, e ainda mais alguns pormenores do livro Alex Cross, aqui.

  • No Facebook da Topseller (www.facebook.com/topseller.pt) estão já disponíveis várias opiniões sobre o livro Alex Cross.
  • Os primeiros capítulos do livro Alex Cross estão igualmente disponíveis online para ler ou descarregar aqui.


OPINIÃO - A Cidade da Saúde, Artur Portela


 
Autor: Artur Portela
Páginas:208
Ano: 2012

Editora: Editorial Bizâncio
Preço de Capa: 13.5 €
Preço Online: 12.16 €


Sinopse:
"A Cidade da Saúde destina-se a políticos da saúde, assessores, gestores, seguradores, bastonários, psiquiatras, neurologistas, dream teams da cirurgia, médicos em geral, enfermeiros, doentes, utentes, respectivos familiares, laboratórios, técnicos, farmacêuticos, estudantes de medicina, funcionários dos hospitais e serviços clínicos públicos e privados, maqueiros, empresas de segurança, banqueiros, agências de notação, mercados, todos os manifestantes do 15 de Setembro, etc. É também um livro de auto-ajuda, um mapa do tesouro (ou se quiserem um GPS) que se consulta e se lê com a mais-valia de ser também uma ficção entre realista, satírica e fantástica." 

Opinião:
A Cidade da Saúde, é um "romance-guia para doentes de Portugal", uma "ficção entre realista, satírica e fantástica". Tais palavras descrevem tão bem esta obra.
Mais uma vez tratou-se de uma novidade para mim, pois não conhecia o autor. No entanto, em conversa sobre o tema da crise, alguém me disse que era capaz de conhecer uma obra bastante famosa do mesmo e fiquei curiosa. Assim,após uma leitura cuidada da orelha da capa, verifiquei que se trata do mesmo autor de Feira das Vaidades e O Regresso do Conde de Abranhos.

Com o estado social e económico crítico em que o nosso país se encontra, achei a altura ideal para a leitura desta obra, de um autor com um percurso tão importante e distinto.
Este livro de auto-ajuda está escrito de uma forma diferente, a que não estava habituada, no entanto transforma-se naquilo que é prometido, um mapa...um mapa da nossa realidade.
A realidade é tão crua...senhores doutores para cá, senhores doutores para lá...ministros professores e alunos uns dos outros...ou seja, é tudo igual!
Uma cidade doente, caracterizada através dos prédios doentes e expectantes, que observam o que se passa sem poder compreender e agir. 
Felizmente «O Inquilino» apela à indignação!

Uma boa leitura com uma escrita transcendente que gera, sem dúvida nenhuma, um despertar para a realidade.
Um despertar da letargia que se enraizou...

Boas leituras!


Novidades Esfera do Caos - «Baía do Funchal»



Autores: Raimundo Quintal e Nancy Policarpo 
Colecção: Ensaios / 18
Páginas: 64
Data de Publicação: Novembro de 2012
PVP: 11,90 euros 



Sinopse:
"Um livro que ajuda a conhecer o passado e que apresenta sugestões para uma ocupação urbanística mais sustentável do litoral do Funchal.

Suportado por um texto que associa a riqueza informativa ao rigor científico e técnico, resultante nomeadamente da utilização das ferramentas dos sistemas de informação geográfica (SIG), este livro ultrapassa, afinal, as fronteiras da história e da ciência.
Questionando, do ponto de vista da sustentabilidade ambiental e das boas práticas do ordenamento do território, o impacto de alguns projetos urbanísticos implantados ou previstos  como por exemplo a construção de um novo cais de acostagem para navios de cruzeiro  ele é, também, um instrumento de intervenção cívica." 

Sobre os Autores:
"Raimundo Quintal (Funchal, 1954). Licenciado em Geografia e Doutorado em Geografia Física pela Universidade de Lisboa. Vereador da Câmara Municipal do Funchal, com o Pelouro do Ambiente, Educação e Ciência, de 1994 a 2002. Entre os projetos de conservação da natureza, de requalificação paisagística e de educação ambiental que liderou, destacam-se a criação do Parque Ecológico do Funchal e o Galardão de Ouro das Cidades e Vilas Floridas da Europa. Fundador da Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal e presidente da sua direção desde 2002. Consultor nas áreas da Ecologia e da Biogeografia do CEDRU (Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano). Investigador no Centro de Estudos Geográficos do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa. Autor de livros e de numerosos artigos nas áreas da Ecologia, Biogeografia e Educação Ambiental. Autor e realizador de documentários sobre património natural e cultural, exibidos em televisões nacionais e internacionais. Em 2009 foi eleito pelos leitores do jornal Correio da Manhã como «Figura do Futuro na Área do Ambiente».Nancy Policarpo (Londres, 1982). Licenciada em Geografia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Bolseira de Investigação no Centro de Estudos Geográficos.Esta obra foi publicada com os seguintes apoios:- Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa- Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal."

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Novidades Editorial Bizâncio - «Repensar Portugal - Apontamentos político-económicos»



Autor: António José Marques Mendes

Páginas: 208
Ano: 2012
Preço de Capa: 13.50 €
Preço Online: 12.16



Sinopse:
"«Preocupado com a felicidade dos povos, vê no capitalismo de mercado um dos pilares que sustêm o bem da Humanidade, e no capitalismo de Estado um dos males que a afetam. A análise torna-se particularmente viva no modo como descreve a constituição de oligopólios que, em nome das virtudes da privatização, associam o Estado e capitais privados em setores chave da economia, mantendo troca de favores e de cadeiras e desvirtuando a concorrência. Para onde e até onde nos conduzirá o êxito ou o fracasso desse federalismo sem nome próprio, eis a questão que vai condicionar o quadro institucional dos Estados europeus.»"

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Uma Morte Súbita, J. K. Rowling (Sugestão de Leitura)

Uma Morte Súbita
 
Sinopse:
"Uma Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J. K. Rowling, a mundialmente famosa «mãe de Harry Potter». Acolhido com enorme expectativa, este surpreendente romance sobre uma pequena comunidade inglesa aparentemente tranquila, Pangford, começa quando Barry Fairbrother, o conselheiro paroquial, morre aos quarenta e poucos anos. A pequena cidade fica em estado de choque e aquele lugar vazio torna-se o catalisador da guerra mais complexa que alguma vez ali se viveu. No final, quem sairá vencedor desta luta travada com tanto ardor, duplicidade e revelações inesperadas?
Um livro a não perder."
 
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 496
Editor: Editorial Presença

*Imagem e sinopse retiradas do site da Wook.

Críticas de imprensa:
 
«Um romance maravilhoso. A mestria de J.K. Rowling como contadora de histórias está ao nível de RL Stevenson, Conan Doylee PD James…»
The Observer

«Impossível não nos maravilharmos com a mestria com que J.K. Rowling entrecruza as vidas destas personagens tão expressivas.»
The Daily Telegraph

«Um romance imponente, ambicioso, brilhante, profano, divertido, profundamente perturbador e eloquente. Um livro bastante comovente pela mão de alguém que compreende a um nível profundo e não só os seres humanos mas também a essência do romance.»
Time Magazine

Novidades Editorial Bizâncio - «O Perfeito Cavalheiro»



Autor: Imran Ahmad

Páginas: 320
Ano: 2012

Preço de Capa: 14.00 €
Preço Online: 12.60 €



Sinopse:
"Uma cativante autobiografia que tomou de assalto o mundo literário, que conquistou o favor da crítica e que tocou o coração de leitores de todo o mundo. Escrito com humor e funda perspicácia, O Perfeito Cavalheiro é a história verídica de um rapaz muçulmano que cresceu dividido entre a sua identidade islâmica e o desejo de integração na sociedade inglesa. Junte-se a Imran na sua luta contra a corrupção e a injustiça, no seu eterno desejo de ser o Perfeito Cavalheiro Inglês (Simon Templar, o Santo) e de ter o carro ideal (Jaguar XJS) e a namorada perfeita (morena, de preferência, mas não necessariamente). Com um estilo original e uma honestidade a toda a prova, o livro aborda temas sérios, — o encontro de civilizações, o prevalecente racismo ocidental — com a candura de um olhar infantil, divertindo o leitor e convidando-o à reflexão."

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Novidades Editorial Caminho - «Uma aventura no sítio errado»


Autor: Ana Maria Magalhães,Isabel Alçada
Páginas: 184
Preço: 5,95 €

Sinopse:
"Esta Aventura decorre numa quinta misteriosa e isolada. Excecionalmente, não se indentificou a localização para que os leitores possam imaginar o cenário na zona que desejarem. As personagens viajam de comboio, adormecem, e quando acordam a estação onde deviam apear-se já ficou para trás e, por isso, acabam por ir parar ao sítio errrado, a dita quinta. Gente exótica, um festival de magia, o dono da casa, que na sequência de uma agressão fica amnésico e toma o Pedro por seu filho, ruídos na noite, enigmas para desvendar, passagens secretas, tudo se conjuga para que as surpresas se sucedam a um ritmo alucinante até ao último capítulo. Um livro excelente para despertar ou aprofundar o gosto pela leitura, na escola ou em casa."



domingo, 23 de dezembro de 2012

Feliz Natal!



O Estranho Mundo dos Livros deseja um Feliz Natal para todos vós!!
 E um próspero Ano Novo!

OPINIÃO - Rendida, Sylvia Day

Rendida
Sinopse:
"Gideon Cross apareceu na minha vida como uma luz na escuridão.
Um homem lindo, fascinante, um pouco louco e muito sedutor.
A atração que sentia por ele era diferente de tudo o que tinha experimentado na minha vida até então. Eu desejava-o como a uma droga que me enfraquecia dia após dia.
Gideon encontrou-me fragilizada e carente e entrou facilmente na minha vida.
Descobri que também ele tinha os seus próprios demónios. Tornámo-nos o espelho um do outro; éramos o reflexo das nossas mais profundas cicatrizes e… desejos.
Este amor transformou-me, mesmo que ainda hoje continue a rezar para que os pesadelos do passado não voltem para nos atormentar
." 


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 352
Editor: 5 Sentidos 

* Sinopse e imagem retiradas do site da Wook. 

Opinião:
Foi com grande curiosidade que iniciei a leitura do livro Rendida e adianto desde já que não fiquei desiludida.

Gideon Cross é um homem rico e belo que deixa Eva literalmente Rendida ao seu amor, a atracção física dos dois funciona como um íman entre as personagens...o que gera ciúme e uma iminente possessão levando-os a perder o sentido da razão.
Mas não são só esses sentimentos que vão surpreender Cross e Eva, porque o passado e os fantasmas estão sempre à espreita, a aguardar os pequenos momentos de felicidade para aparecerem e frustrarem qualquer rumo a essa mesma felicidade que pudesse existir.
A ligação dos dois ultrapassa os limites do razoável e embora as dúvidas possam surgir com facilidade eles não deixam de constituir o porto e abrigo um do outro.

Apesar de ser um romance erótico está bem escrito, as personagens estão bem trabalhadas e a história é muito prometedora já que o tema é muito sensível. (aliás, como refere a crítica de Romance Novel News na orelha da contracapa do livro)
É certo que é em muito semelhante à leitura de Cinquenta Sombras de Grey, no entanto, apresenta-se com uma escrita e diálogos um pouco mais inteligentes entre as personagens.

Contudo, embora um pouco mais "soft" achei mais intenso do que a trilogia à qual não posso deixar de fazer comparações. Achei a história de cada personagem bastante intensa, com uma carga emocional naturalmente forte.
Nem tudo foi revelado neste primeiro romance, mas deixou um pouco o pano levantado já que o leitor é levado a suspeitar a origem dos problemas de Cross.

O amor e o ciúme são levados ao extremo, sentimentos descritos ao longo da obra e aprofundados numa relação amorosa, a qual neste género de enredo é intencionalmente comparada às chamadas "almas gémeas".

Estou certa que vou gostar da série Crossfire tanto ou mais do que a trilogia Cinquenta Sombras e aguardo expectante pelo próximo livro. 

Uma coisa vos digo, quem gostou de Cinquenta Sombras vai Adorar o livro Rendida!

Boas leituras!

sábado, 22 de dezembro de 2012

Novidades Chiado Editora - «A Cadeira do André »


A Cadeira do André






Autor: Martim Mariano
Colecção: Bios
Páginas: 118
Data de publicação: Novembro de 2012
Género: Biografia
Preço: 12,00 €

Sinopse:
"“A Cadeira do André” conta, num registo não muito sisudo, a história da temporada mágica que André Villas-Boas viveu no FC Porto.
2010/11 ficará, sem sombra de dúvida, na memória do treinador que numa época apenas venceu o campeonato, a Taça de Portugal, a Supertaça e a Liga Europa, partindo em seguida para o Chelsea de Abramovich, tudo isto aos 33 anos.
Com a ajuda mais do que preciosa de Carlos Laranjeira, cartoonista do programa Tempo Extra, da SIC Notícias, Martim Mariano retrata nesta obra mais um dos anos que os portistas tão cedo não vão esquecer.
"

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

As Leituras desta Semana # 2 (fim-de-semana)

Como ainda não terminei um dos livros que tinha programado para a semana anterior e bem assim, este fim-de-semana é véspera de Natal decidi que teria de ser razoável e ler apenas um livrinho.

Pois...é que além de ter a árdua tarefa pela frente de fazer os doces do Natal, tenho uma prendinha muito especial no pinheirinho!

Lá estarei eu à espera da hora de abrir as prendas, para começar a leitura de uma obra que suspeito vai ser no mínimo interessante, de uma autora cujas obras nunca tive oportunidade de ler.

A leitura deste fim-de-semana será:

A Vingança das Vagas, José Teles Lacerda. Oferta da editora Esfera do Caos, a qual muito agradeço.

Boas leituras!

Novidades Chiado Editora - «Nas Teias do Poder »





Nas Teias do Poder   
Autor: Fernando Gil Teixeira
Colecção: Viagens na Ficção
Páginas: 99
Data de publicação: Novembro de 2012
Género: Romance
Preço: 11,00 €

Sinopse:
«Já imaginou o que seria juntar Ken Follett a José Saramago? Pois bem, é exactamente nessa linha que Fernando Gil Teixeira se enquadra neste romance. Uma epidemia nacional evitada por um médico que teve de enfrentar as manhas do sistema político português, epidemia essa apenas pretexto para lembrar uma antiga história de amor transformada numa obsessão consumida por vingança, na qual não existem limites. Tudo é válido para recuperar a dignidade. Um jogo psicológico macabro e alucinante que se alia a um desenrolar policial para formar um romance vibrante e apaixonante. Nas teias do poder não existem regras nem condições. Vence aquele que mais segredos esconder de baixo do tapete da sua vida.

“A dedicação e o empreendorismo de alguém tão jovem como Fernando Gil Teixeira podem ser uma verdadeira inspiração para os mais velhos”.
Pedro Chagas Freitas

“Fernando mostra que sabe desenvolver a trama com coerência nos tempos da acção e no movimento das personagens, decorando os cenários com a imaginação anunciadora de um escritor em potência”
Laurent Filipe

“A sua forma de escrever é como um flash fotográfico que nos permite visualizar a cena completamente, tal como quando ouvimos João Villaret dizer a Procissão.”
Ricardo Peres."
»

Novidades Editorial Bizâncio - «A Quinta Musa»



Autor: José Sasportes

Páginas: 336
Ano: 2012

Preço de Capa: 14.00 €
Preço Online: 12.60 €


Sinopse:
"Um percurso extraordinário pela história da dança, numa colecção de ensaios escrita com a eloquência de José Sasportes. Dos primórdios, em que a dança se não autonomizava da ópera, até Pina Bausch ou à «Desfundação do Ballet Gulbenkian», não esquecendo o florescente século XIX, as «ousadias» de Isadora Duncan ou o percurso de Balanchine, esta é uma revisitação da dança, única e imperdível." 

Novidades Esfera do Caos - «Da origem popular do poder ao direito de resistência»



Autores: Pedro Calafate
Colecção: Ensaios / 17
Páginas: 288
Data de Publicação: Julho de 2012
PVP: 18,90 euros 


Sinopse:
"Da origem popular do poder ao direito de resistência.
Doutrinas políticas no século XVII em Portugal

O que disseram os mais importantes pensadores portugueses da filosofia política de Seiscentos acerca da finalidade do poder, da ética da governação e do direito à resistência activa perante a injustiça?

Dedicada às doutrinas políticas portuguesas do século XVII, esta obra confronta o leitor actual com teses muitas vezes surpreendentes e inusitadas sobre a origem democrática ou popular do poder político, a fundamentação ética da política, o direito de resistência activa contra a tirania e a injustiça, e as relações entre a Igreja e o Estado. Os autores analisados são de Seiscentos, mas as suas ideias revelam, por vezes, uma espantosa actualidade neste início do século XXI e muito em particular neste momento de gigantescos desafios que agora vivemos — talvez porque os pensadores que este livro convoca escreveram numa época também ela marcada por enormes desafios: a edificação e conservação do império e a restauração da independência nacional, perdida em 1580." 

Sobre o Autor:

"Pedro Calafate. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Mestre e Doutor em Filosofia pela mesma Universidade. Professor catedrático do Departamento de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e director do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa. Foi professor convidado nas universidades de Viena, Copenhaga, Autónoma de Madrid e na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Especialista em Filosofia e Cultura em Portugal, com especial incidência no período moderno (séculos XV-XVIII), nomeadamente no estudo do Barroco e do Racionalismo Iluminista do século XVIII. Possui uma vasta bibliografia, destacando-se os seguintes títulos: Portugal como Problema – Séculos XV-XX(4 volumes, 2006); História do Pensamento Filosófico Português, direcção (5 volumes, 7 tomos, 1999-2004);Metamorfoses da Palavra. Estudos sobre o Pensamento Português e Brasileiro (1998); A Ideia de Natureza no século XVIII em Portugal (1994, Prémio Aboim Sande Lemos da Universidade Católica Portuguesa em 1995).


Esta obra foi publicada com o apoio do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa através do Projecto Estratégico PEst-OE/FIL/UI0310/2011 e do Projecto “Corpus Lusitanorum de Pace” PTDC/FIL-ETI/119182/2010."

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Novidades Editorial Caminho - «Atirem-se ao Ar!»


Autor: António Torrado
Páginas: 184
Preço: 10,00 €

Sinopse:
"Como é que o avião, tão mais pesado do que o ar, pode vencer o balão, tão menos pesado que o ar, e conquistar o espaço aéreo, dantes apenas frequentado pelos passarinhos? Estas e idênticas perguntas andaram à volta da cabeça do Dr. Hélio Dantas, incansável inimigo de dois heróis reais, Gago Coutinho e Sacadura Cabral. Foram eles os primeiros a alcançar o Brasil por via aérea, vindos de Portugal. Por pouco e por culpa das tropelias do Dr. Hélio que não ficavam pelo caminho, mas os dois valentes tudo venceram para, depois, muito se rirem dos acidentes da viagem. Riram-se eles e rimo-nos nós, ao longo desta peça que é uma risota pegada."


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Novidades Esfera do Caos - «Solução para a crise nacional e europeia»




Autores: Ventura Leite
Colecção: Ensaios / 19
Páginas: 160
Data de Publicação: Julho de 2012
PVP: 13,80 euros 



Sinopse:
"Uma proposta de saída para a crise — inovadora e corajosa, mas também realista e bem fundamentada —, que se destina a motivar os cidadãos e a incentivar os decisores políticos.

AS CAUSAS DA CRISE E OS CAMINHOS QUE DEVEREMOS PERCORRER SE A QUISERMOS VENCER.

Neste livro o leitor encontrará informações, análises e propostas que contribuirão para mudar a sua perspectiva acerca da crise e da atitude a tomar face aos desafios que estão já a moldar o nosso futuro colectivo e que são muitas vezes omitidos ou distorcidos por aqueles que não sabem como interpretar a realidade, ou como mobilizar o país nesta encruzilhada histórica.

“Ventura Leite teve o mérito de alertar para o mau caminho da nossa economia e fê-lo há mais de três anos, enquanto deputado do PS, com um discurso sério, ponderado e informado… mas contrário ao ar do tempo. Neste livro analisa as causas nacionais e internacionais da crise e faz propostas ousadas… Esta é uma obra desafiante e polémica, que merece uma leitura muito atenta...” Henrique Monteiro, Jornalista

“Nesta obra, que não poderia ser mais oportuna, Ventura Leite apura e aprofunda ainda mais o seu sentido crítico e a sua independência de pensamento. Se em Abril de 2009 teve a coragem de denunciar em pleno Parlamento a desastrosa trajectória da dívida pública irresponsavelmente acumulada pelo Governo do seu partido, em 2012 analisa, sem preconceitos, as raízes da crise da Zona Euro e as tarefas inadiáveis que, em qualquer dos dolorosos cenários possíveis, cabem à iniciativa dos portugueses e das nossas políticas públicas.” Viriato Soromenho-Marques, Professor catedrático da Universidade de Lisboa." 

Sobre o Autor:
"Ventura Leite. Economista. Exerceu funções de deputado do PS, pelo distrito de Setúbal, entre 2005 e 2009. Enquanto deputado, a sua actividade e postura políticas mereceram diversas referências públicas a propósito de temas como as contrapartidas das aquisições militares, a crise que se pressentia, ou as compras de aviões pela TAP. Por sua iniciativa, e juntamente com outros deputados, apresentou propostas no domínio dos medicamentos genéricos e da utilização da Unidose na prescrição de medicamentos, da valorização da cortiça, ou da resposta à presente crise. Tem-se mantido activo em debates na televisão, sobretudo com presenças no Programa «Negócios da Semana», e através de artigos publicados no jornal Público."

OPINIÃO - A Vida É Mesmo Assim, Paulo Brandão


A Vida É Mesmo Assim

Sinopse:
"Pouco passava da uma da manhã quando o telefone tocou.
Primeiro um toque longínquo, algo dissimulado, do tipo estou a tocar mas não quero que me ouçam, depois, um som mais definido, mais "hello, is anybody there?", e eu que me situava perfeitamente aninhado em posição fetal na minha porta de caça ao sono, com o terrível inimigo já sob mira e à mercê de um simples pestanejo, vejo-me subitamente em plena Estação de Comboios do Cais do Sodré, e....
"Atenção senhores passageiros o comboio que se encontra estacionado na linha central vai partir, tem com destino a insónia e não sabemos quando voltará....""

Autor: Paulo Brandão
Colecção: Viagens na Ficção
Páginas: 78

Editor: Chiado Editora
Data de publicação:
 Abril de 2010
Género: Romance
Preço: 12,00 €



Opinião:
A Vida É Mesmo Assim é uma história simples, curta e com uma linguagem directa. 
Um romance que se inicia com uma saída à noite lisboeta. A paixão e o amor por uma cidade que tanto tem para oferecer, para descobrir, para saborear e divagar na confusão de emoções que o ser humano tão bem sabe esmiuçar.
As personagens divagam pela beleza desconcertante da cidade e vai gerando...uma paixão simples...com uma companhia desejada que se torna desde logo uma atracção mútua.

A Vida É Mesmo Assim, descreve a amizade, uma confusão de emoções numa saída à noite que pelas horas tardias fica tudo ainda mais confuso e indescritível.
Relata os efeitos inebriantes que podemos viver numa noite com os amigos em lugares maravilhosos e cheiros característicos.

O romance desde autor sublinha a importância em aproveitar os bons momentos que a vida nos presenteia...porque amanhã...amanhã a vida já não é a mesma...tal como nos dá, também nos tira...

Entre a realidade e o sonho, o ser humano ocupa o seu lugar com a confusão, o fervor de viver e as dúvidas que nos são tão características, porque a vida...A Vida É Mesmo Assim!

Boas leituras! 


Novidades Editorial Caminho - «O Monge Desastrado e os Pastéis de Belém»




Autor: Ana Maria MagalhãesIsabel AlçadaLuísa MesquitaAlice Frias
Páginas: 72
Preço: 9,90 €

Sinopse:
"Este rapaz é um exemplo para todos nós - exclamou o prior, indicando o tabuleiro com um gesto breve. - Fez uma bonita ação, merece recompensa. Manuel ainda olhou à procura do tal rapaz que ia ser recompensado, e ficou estupefacto quando percebeu que era ele próprio, pois não se lembrava de ter cometido nenhuma ação meritória. - Passou a noite a trabalhar sem descanso - continuou o prior no mesmo tom aprovativo. - Com certeza não poupou esforços para inventar os melhores pastéis que comi na minha vida. Podem até ser vendidos para fora, o que muito ajudará as finanças do convento."


domingo, 16 de dezembro de 2012

Novidades Editorial Caminho - «Dicionário do Cinema Português 1895-1961», Jorge Leitão Ramos






Autor: Jorge Leitão Ramos
Páginas: 472
Preço: 39,90 €

Sinopse:
"Livro de referência sobre o Cinema Português, aqui se encontra repertoriada, para o período 1895-1961, a totalidade dos filmes de longa-metragem de ficção, bem como as principais curtas e médias- metragens. O Dicionário comporta ainda entradas traçando a carreira dos mais destacados realizadores, atores, diretores de fotografia, produtores, compositores musicais, argumentistas e outros técnicos. Num trabalho que se quer factual e rigoroso, o autor não esqueceu um olhar crítico sobre os objetos em análise. Um livro imprescindível a todos quantos se interessam pelo cinema ou pelas artes do espetáculo em geral."


Novidades Chiado Editora - «A Grande Paixão de Jesus Cristo», Lagoas da Silva


A Grande Paixão de Jesus Cristo








Autor: Lagoas da Silva
Colecção: Viagens na Ficção
Páginas: 253
Data de publicação: Novembro de 2012
Género: Romance Histórico
Preço: 13,00 €

Sinopse:
"Não é a primeira vez que Lagoas da Silva recua até aos locais bíblicos para aí colocar a acção das suas narrativas e fazer mover, sobre esse palco carregado de mitologia, conflitos que são de todos os tempos. No caso do presente livro, o Novo Testamento é revisitado através da trajectória imaginada da figura de Jesus Cristo, em torno do qual o autor cria uma nova biografia, à semelhança de tantos outros escritores para quem o inspirador do Cristianismo tem suscitado visitações inesperadas. Em “A Grande Paixão de Jesus Cristo”, o motivo da narrativa incide sobretudo na relação do Nazareno com Maria Madalena, ambos humanizados ao nível dos comportamentos comuns. Mas também na subversão da narrativa evangélica sobre a crucificação e a ressurreição, bem como na sobrevivência natural de Cristo até à velhice, reduzido à simples efígie do homem bom que poderia ser qualquer um, de entre os muitos que nos rodeiam.
O que pretende, pois, Lagoas da Silva, com esta subversão da narrativa bíblica, e com a transferência do conceito dramático de paixão na cruz, para o conceito de paixão sentimental e erótica?
Como Nikos Kazantzakis ou José Saramago, desmantelar as peças de uma narrativa onde os efeitos do sobre-humano suportam os fundamentos da mais influente das religiões do Ocidente, parece ser um dos objectivos claros, mas talvez o mais importante seja o ensejo que a visita à intimidade de um casal, ainda que carregado de mitologias, permite explorar. Permite, sobretudo, contar uma história de amor entre um homem e uma mulher, com os ingredientes poéticos da ternura, da saudade e da fidelidade até à morte. Ao ler este livro, dir-se-ia que Lagoas da Silva desejou reconstituir uma história de amor comum, mas para que a qualidade desse amor fosse impressiva, chamou figuras cimeiras intocáveis, de modo a cobri-la pela roupa solene que lhe faltava. Com “A Grande Paixão de Jesus Cristo”, o passado e o presente encontram um intermediário, e o comum e o grandioso aproximam-se quebrando as distâncias entre sagrado e profano. Neste livro a História é revisitada pela fantasia, e os leitores aprendem sobretudo com a segunda, a que abre uma porta para a escrita poética, subvertendo a realidade que transfigura.
"